Notícias

O desemprego aumentou após a reforma trabalhista

Dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados no dia 27  de dezembro, mostram que , ao contrário do que alardeia o governo e repicam os telejornais, o desemprego aumentou depois que a reforma trabalhista passou a vigorar. Foram exatos 12.292 postos a  menos no mês de novembro, apesar das contratações temporárias. Os dados, que desmentem a fala do presidente Temer em rede nacional de rádio e televisão, são do próprio governo.

Como fica agora a mídia, depois de  insistir que a reforma trabalhista iria gerar milhões de novos empregos?

Últimas Notícias